Passageiros sem covid-19 retirados de cruzeiro retido em Lisboa

Foto: Reprodução/Euronews

Cerca de três mil passageiros começaram a ser retirados, esta segunda-feira de manhã, do cruzeiro “AidaNova“, atracado desde quarta-feira no porto de Lisboa, após terem sido detetados a bordo vários infetados com coronavírus.

De acordo com o comandante local da Polícia Marítima de Lisboa, Diogo Vieira Branco, à agência Lusa, a operação, que teve início às 06h00, está a decorrer de forma faseada até às 15h00, de forma a evitar as aglomerações e complicações devido ao excesso de pessoas que estão a ser encaminhadas ao aeroporto num curto espaço de tempo.

O capitão do porto de Lisboa revelou ainda haver atualmente 68 infetados dentro da embarcação.

Todos os turistas encaminhados para o aeroporto foram sujeitos a um teste à covid-19, realizado nas últimas 48 horas, e acusaram negativo.

No domingo, o comandante Vieira Branco disse terem sido assinalados mais 12 casos positivos de covid-19, a somar-se aos 52 casos já sinalizados nos dias anteriores.

O “Aidanova” chegou a Lisboa a 29 de dezembro com Lanzarote como destino final e uma passagem pelo Funchal para a passagem de ano. O aumento dos contágios acabou por ditar a permanência do cruzeiro em Lisboa, com mais de quatro mil pessoas a bordo.

Fonte: Euronews

Download WordPress Themes Free
Free Download WordPress Themes
Download Nulled WordPress Themes
Download WordPress Themes
free online course
download samsung firmware
Download Best WordPress Themes Free Download
free download udemy paid course

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!