Startups alemãs à espera da legalização da canábis

Um antigo matadouro na cidade alemã de Dresden tornou-se no primeiro espaço de cultivo legal de canábis no país. As folhas são transformadas em farinha e utilizadas em produtos medicinais. Esta prática foi legalizada pelo governo de Berlim em 2016 e o novo governo quer ir mais longe e introduzir a venda de canábis a adultos para fins recreativos.

Vários empresários já começaram a fazer planos. Finn Haensel, co-fundador do Sanity Group, diz que haverá mais start-ups, empresas e toda uma indústria à volta deste produto. “Desde a regulamentação, passando pela entrega e produção e até à logística, penso que será realmente um “boom”, criando muitos mais postos de trabalho e mais impostos para o governo”, defende.

As críticas aos planos de legalização da canábis chegam especialmente do lado conservador e no que diz respeito à proteção de menores. Os funcionários responsáveis pela aplicação da lei são céticos e muitos temem que o crime organizado possa “aproveitar” esta droga e vender canábis mais barata do que nas lojas.

Para Joerg Radek, vice-presidente da União Policial Alemã, a intenção do governo “é possivelmente acrescentar uma terceira droga, a canábis, às drogas já legalizadas, como a nicotina e o álcool”. Considera que este plano vai mudar a sociedade e dar mais trabalho à polícia.

Os Países Baixos são sempre citados como um exemplo de precaução. O pioneiro da legalização quer agora apertar a política de drogas por causa do aumento da criminalidade organizada.

Fonte: Euronews

Download Nulled WordPress Themes
Free Download WordPress Themes
Premium WordPress Themes Download
Premium WordPress Themes Download
udemy free download
download samsung firmware
Premium WordPress Themes Download
udemy course download free

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!